nov 25

AUMENTO DO EFETIVO E MOTIVAÇÃO DE POLICIAIS SÃO DESAFIOS PARA O GOVERNO DE ROBINSON

Uma das áreas mais carentes e com maior necessidade de atenção e investimentos no Rio Grande do Norte, a Segurança Pública é também uma das mais reclamadas pela população e seus servidores públicos no Estado. Para eles, é urgente uma mudança enérgica e rápida no gerenciamento dela pela futura gestão estadual, que já chegará com o desafio de aumentar o efetivo policial em atuação nas ruas e delegacias e motivá-los ao trabalho.

“A nossa expectativa é que o governador eleito promova uma alteração enérgica e urgente da situação em que se encontra a Segurança Pública, porque, se continuar como está, a tendência é a área entrar no mais completo caos, o que já está bem perto de acontecer, infelizmente. É preciso um gerenciamento eficaz para identificar o que precisa fazer e como se deve fazer isso. E uma das coisas que necessitamos é que haja a motivação da tropa, seja militar ou civil, porque os servidores estão completamente desmotivados”, disse o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros do RN (ASSPMBMRN), Eliabe Marques.

Para o presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (ASC-PM/RN), Roberto Campos, a valorização do servidor como pessoa e profissional é a palavra-chave para o futuro governador Robinson Faria (PSD) conquistar a confiança da tropa, composta por pouco mais de oito mil homens e mulheres. Ele disse que um dos pontos críticos é o pagamento das diárias operacionais, que não são repassadas no tempo hábil, após o cumprimento da carga horária extraordinária.

“Como esse governo estadual é alinhado ao federal, a nossa expectativa é que este contribua para melhorar a situação do Rio Grande do Norte, que é crítica e necessita urgentemente de uma intervenção responsável e firme. Hoje, nem mesmo os policiais, que são pagos para garantir a segurança da população, estão seguros. Há municípios no Estado que contam com apenas um homem para proteger tudo, ou seja, ele não consegue fazer nada e ainda arrisca a própria vida, como o caso de um policial militar que quase foi morto após bandidos atirarem contra o posto onde ele atuava solitário”, afirmou.

Um terço da Polícia Civil deve se aposentar em 2015

Já na Polícia Civil, que conta com cerca de 1,5 mil servidores (entre agentes, escrivães e delegados), o desafio de Robinson é aumentar o efetivo para promover a interiorização total da instituição e melhorar a qualidade das condições de infraestrutura e trabalho, que são precárias. Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública (Sinpol/RN), Paulo César de Macedo, é urgente a necessidade de um concurso público para o preenchimento de mais de três mil vagas existentes na PC e que em 2015, 30% do efetivo atual deve se aposentar.

“Os 200 policiais chamados recentemente vão apenas substituir os que saíram por aposentadoria ou outros motivos. A Civil tem 4,8 mil vagas, criadas pelo próprio estatuto da instituição, mas pouco mais de 1,5 mil estão preenchidas, o que é completamente insuficiente para atender à demanda. Temos inúmeros municípios sem representação alguma e diversas equipes que respondem por uma ou várias cidades. E as delegacias precisam urgentemente serem reestruturadas, seja na parte física dos prédios, seja na parte operacional”, afirmou.

Robinson promete priorizar a Segurança

Durante a campanha eleitoral, o governador eleito Robinson Faria se comprometeu a tratar a Segurança Pública como área prioritária desde os primeiros dias de seu mandato. Entre os pontos citados por ele como urgentes estão a integração das polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), para um serviço eficaz, rápido e de qualidade e a implantação da “polícia comunitária”, como forma de aproximar as instituições dos cidadãos.

Ele também afirmou que utilizará a força de forma legal e proporcional, por meio do irrestrito respeito aos direitos humanos, a qualificação em consonância com a utilização de tecnologia avançada e a interação com a comunidade. E falou sobre uma das reivindicações da Polícia Militar, que é o fim do desvio de função. A medida é necessária para fazer os agentes retornarem às suas instituições de origem e assegurar o desempenho das atribuições para as quais foram concursados nas suas próprias instituições.

“Hoje, temos mais de 400 militares em desvio de função, que devem estar nas ruas protegendo o cidadão, mas estão em atividades que não possuem qualquer relação com o seu ofício, como, por exemplo, servindo cafezinho em escritório. É preciso identificar os locais onde eles estão e trazê-los de volta para as ruas, para o que eles são pagos para fazer. E, também moralizar as diárias operacionais, que não são pagas desde a Copa do Mundo e o São João e que tanto desmotivam os policiais. Estruturar e dar condições de trabalho, com viaturas, armamento, munição e outros detalhes. Isso é imprescindível para que Robinson conquiste a confiança dos servidores e da população potiguar”, afirmou Eliabe Marques.

JORNAL DE HOJE

Leia mais »

nov 25

AGENTES PENITENCIÁRIAS PEDEM SEGURANÇA E MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO‏

As agentes penitenciárias do Rio Grande do Norte se reuniram, nesta segunda-feira (24), e foram até a Coordenadoria da Administração Penitenciária cobrar providências para as unidades prisionais femininas. As agentes clamam por melhores condições de trabalho e, principalmente, por mais segurança, tendo em vista casos recentes de violência, como o veículo de uma agente que foi incendiado e, neste final de semana, uma viatura foi apedrejada.

“Não podemos admitir nenhum tipo de afronta a nossa categoria e as agentes penitenciárias estão temendo pela segurança dentro e fora das unidades. Por isso, esperamos que o Governo do Estado olhe por nós e tome providências. A realidade foi mostrada para a diretora da Coape, Dinorá Simas, e também vamos levar até o titular da Sejuc”, disse Vilma Batista, presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN.

Durante a reunião com a diretora da Coape, nesta manhã, as agentes tiveram que sair às pressas para o CDP Feminino, no bairro de Emaús, em Parnamirim. As presas realizaram um motim e chegaram a atear fogo em alguns colchões. A confusão, porém, rapidamente foi controlada.

“Diariamente enfrentamos dificuldades em todas as unidades prisionais do Estado. Não bastasse o déficit de agentes no Sistema Penitenciário do RN, temos que conviver com a falta de equipamentos básicos de trabalho. Mesmo assim, somos uma categoria unida e que faz tudo que pode para manter o sistema funcionando”, completa a presidente do Sindasp-RN.

Vilma Batista ressalta, inclusive, que os agentes vão buscar junto ao governador eleito, Robinson Faria, que as pautas do Sistema Penitenciário sejam colocadas como prioridade, assim como os outros segmentos da segurança pública.

JORNAL DE HOJE

Leia mais »

nov 25

MENINA DE 8 ANOS MORRE VÍTIMA DE BALA PERDIDA EM MOSSORÓ

Mais uma criança foi vítima de bala perdida e, desta vez, a vítima acabou morrendo. Samara Vicente Portes, de 8 anos, foi atingida por um tiro no coração, na noite deste sábado (22), Favela do Fio, no bairro Abolição IV, em Mossoró.

O alvo dos criminosos era Antônio Francisco Targino de Oliveira, de 29 anos, que também acabou morto. “Toinho da Bolsa”, como era mais conhecido, foi surpreendido por dois homens que chegaram de motocicleta na casa dele. Os bandidos chegaram a entrar na residência e atiraram, mas Antônio saiu correndo para escapar.

Foi então que os assassinos o perseguiram e continuaram atirando. Um dos tiros efetuados em via pública atingiu Samara. A menina estava brincando com os irmãos na calçada de casa quando foi baleada. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

Antônio Francisco, segundo informações repassadas pela polícia, tinha envolvimento com crimes e, inclusive, era suspeito de homicídios.

Portal BO

Leia mais »

nov 25

CASA DO COMANDANTE DO 4º BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR É ALVEJADA POR CRIMINOSOS

A casa do comandante do 4º Batalhão da polícia militar do RN, major Manoel Kennedy, foi alvo de um atentado na madrugada deste sábado (22), no conjunto Cidade das Flores, no bairro Jardins, em São Gonçalo do Amarante. O atirador efetuou oito disparos que atingiram o portão, a parede e o carro do oficial, porém, ninguém ficou ferido.

O fato ocorreu por volta das 4h da manhã e não foi testemunhado por nenhum morador, no entanto, a suspeita é que o autor dos disparos estava em uma motocicleta quando agiu. No momento do atentado, o major estava dormindo com a família na residência, mas ninguém que estava na casa se feriu.

A reportagem do Portal BO conversou com o comandante por telefone. O major relatou que ouviu os disparos, mas não pensou que a casa dele seria o alvo dos criminosos e que não sabe explicar a motivação par ao atentado. “Nós que trabalhamos com segurança pública estamos vulneráveis a qualquer tipo de ação violenta por parte de outras pessoas, mas não consigo entender o porquê do atentado, pois não tenho inimigos e não venho sofrendo ameaças”, disse.

Na mesma rua onde ocorreu fato moram ainda outros cinco policiais militares. O major Manoel Kenedy procurou a delegacia de plantão da zona Norte para prestar queixa do atentado. O caso será investigado na delegacia distrital de São Gonçalo do Amarante, região Metropolitana de Natal.

Portal BO

Leia mais »

nov 25

‘SOU INCANSÁVEL’, DIZ TENENTE QUE COMANDA OPERAÇÃO LEI SECA EM NATAL

Admiração, respeito, raiva, medo. O tenente da Polícia Militar Styvenson Valentim, responsável desde o início do ano por coordenar a Operação Lei Seca em Natal, desperta os mais variados sentimentos na população. Apontado como ‘linha dura’, o tenente prefere ser chamado de ‘incansável’. Rígido na aplicação da leis de trânsito, o oficial se tornou um personagem presente nas rodas de conversas entre as pessoas que temem ser paradas nas barreiras de fiscalização. Embora ele conte com o apoio do Departamento Estadual de Trânsito e da Polícia Civil, é ele o centro das atenções.

O tenente agora é fotografado por onde passa. Imagens dele na praia e no supermercado circulam nas redes sociais. “Ser fotografado não me incomoda. O que incomoda é a imagem vir seguida de um incentivo a beber e dirigir. Isso me deixa chateado”, diz o tenente sobre as montagens feitas com fotos dele.

Em 2011, Styvenson Valentim passou 15 dias preso por ter autuado um major que dirigia embriagado. Segundo ele, a alegação foi a de que ele deveria ter chamado um oficial da mesma patente para autuar o major. “Eu nunca engoli isso. Quer dizer que eu deveria ter chamado outro major, ou um coronel, às 3h da manhã porque eu, como tenente, não posso autuar um major? Quer dizer que a patente dele está acima da lei?”, questiona.

A prisão não intimidou o tenente. Em 6 de janeiro deste ano, ele assumiu o comando das fiscalizações da Lei Seca na capital potiguar. Desde então, foram quase 50 mil pessoas abordadas, 3.700 carteiras de habilitação retidas e 780 pessoas presas por crimes de trânsito.

Não existe uma estatística oficial da redução do número de acidentes após o início do trabalho do tenente, mas ele acredita que o resultado é positivo. “Eu preciso montar as operações voltadas para um objetivo. E qual é o objetivo? É a multa? Claro que não. Eu ganho muito mais em evitar um hospital cheio de vítimas de acidentes. Empresas vão ganhar porque o funcionário não vai se acidentar, não vai ficar afastado do trabalho. Famílias não vão perder parentes. É muito além do que multas. Quem pensa que todo esse trabalho é feito por multas é mesquinho e não consegue enxergar a grandiosidade do trabalho. A motivação da minha equipe é preservar a vida, é mudar conceitos, é dar segurança à sociedade. Nosso trabalho é gratificante”, afirma.

O trabalho de Styvenson é admirado por muitos, mas também é alvo de críticas. Recentemente um vídeo em que ele aparece esbravejando dentro de um ônibus com pessoas que foram abordadas e presas foi publicado nas redes sociais e a polêmica sobre possíveis excessos do tenente durante as operações voltou à tona.

Para se defender, o tenente apresenta números. Segundo ele, de 6 de janeiro até o início de novembro deste ano, foram abordadas quase 50 mil pessoas e 780 foram presas por estarem dirigindo sob efeito de álcool. “Que eu tenha conhecimento, existe apenas um procedimento aberto contra mim na Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública e mais nada. Se eu fosse truculento, não teria mais? Quem se sentir ofendido, achar que houve abuso de poder ou desrespeito à dignidade durante as abordagens, tem todo o direito de denunciar”, ressalta.

Agressões e ameaças
Em quase um ano da Operação Lei Seca na Grande Natal, o tenente e sua equipe, formada por outros 14 policiais militares, já foram alvos de agressões físicas, ameaças e tentativas de suborno. O conhecido ‘você sabe com quem está falando?’ também já foi usado várias vezes por motoristas. Styvenson conta que durante uma abordagem um homem jogou um copo de uísque nele. Em outra ocasião, um policial levou uma mordida de uma mulher. E teve até casos de quem tentassse passar por cima dos PMs com um carro.

“As pessoas deveriam acompanhar uma blitz dessas para ver o que acontece e poder falar com propriedade. Nós já prendemos pessoas com armas, com drogas. Policiais já foram agredidos com socos e chutes. Já teve gente que tentou jogar o carro por cima da gente. E teve até gente que parou, desceu do carro e fugiu deixando pra trás o veículo com grande quantia de dinheiro dentro. Eu estou alí, correndo risco de fazer uma abordagem e levar um tiro. Afinal, ninguém sabe quem é bandido e quem não é, mas as pessoas preferem criticar sem conhecimento de causa”.

Quando alguém agride fisicamente um policial durante as blitzen, segundo o tenente, é enquadrado também em lesão corporal e o PM processa o agressor. Ele lembra de um caso de um mexicano que, durante a Copa do Mundo em Natal, foi preso por estar dirigindo embriagado. O estrangeiro foi levado para um ônibus e, lá dentro, após apalpar os seios de uma mulher, acabou autuado por assédio sexual.

De acordo com o tenente, a orientação aos policiais que trabalham na Operação Lei Seca é tratar a todos com educação, independente de quem seja. “Pode estar em uma Traxx ou numa Land Rover. Pode ser um juiz ou um entregador. A orientação é tratar a todos com educação e respeito. Eu não gosto de piada, não gosto de liberdade, não gosto que fique conversando. Não é pra policial ficar conversando na blitz. Se chegar um juiz, será tratado por excelência. Se for um reitor, chamamos de magnífico. Nós respeitamos todas as autoridades, todas as patentes, assim como respeitamos a todos os cidadão”.

Vida às avessas
Quando começou à frente das operações da Lei Seca, o tenente Styvenson Valentim sabia que o trabalho teria repercussão por afetar a todos da mesma forma, independente de cor, classe social, ou patente. Em menos de um ano ele teve a vida vasculhada de todas as formas. “É uma busca incessante por algo que desabone minha conduta”, diz.

“Encontraram um Gol 1997 em meu nome, que estava na garagem da casa da minha mãe sem rodar há dois anos e com o pagamento do seguro obrigatório atrasado. Nem eu sabia que não estava pago porque o carro é da minha mãe, mas paguei imediatamente. É engraçado porque as pessoas admiram o servidor que cumpre sua função honestamente, que não se corrompe, mas ao mesmo tempo buscam algo de ruim nessa pessoa. É um paradoxo”.

G1/RN

Leia mais »

nov 21

CHARGE DA CARTA CAPITAL OFENDE AS POLÍCIAS MILITARES DE TODO O BRASIL

p style=”text-align: justify;”img class=”alignnone” src=”http://negrobelchior.cartacapital.com.br/wp-content/uploads/negrobelchior/sites/2/2014/11/20-de-novembro-dia-da-consciencia-negra-1024×715.gif” alt=”” width=”565″ height=”715″ /No dia de reflexão a consciência negra, a Carta Capital divulgou uma charge que ofende diretamente a polícia militar. Acusando a mesma pelos extermínios dos negros no nosso Brasil./p
p style=”text-align: justify;”Pessoalmente enviamos um e-mail a Associação Nacional dos Praças solicitando as medidas jurídicas necessárias e a própria Carta Capital uma retratação perante a todos os policiais militares do nosso país./p
p style=”text-align: justify;”A Polícia Militar exerce a manutenção da ordem pública em todo território nacional, exercendo a sua atividade conforme estabelece a lei, e desta forma tentar oferecer uma segurança pública de qualidade a toda sociedade./p
p style=”text-align: justify;”As mortes efetuadas pela polícia militar são mortes relacionadas a confrontos, onde as vítimas em questão são pessoas envolvidas com a criminalidade e que estão portando arma de fogo e efetuando disparos. Sendo assim, a polícia militar está agindo no estrito cumprimento do dever legal./p
p style=”text-align: justify;”Não podemos jamais dar conotação racial a estes acontecimentos. Pois independente de cor, classe social, sexo, religião, idade, etc. A polícia militar irá exercer sua função constitucional e sempre proteger a vida e a propriedade das pessoas que não se envolvem com a criminalidade./p
p style=”text-align: justify;”VEJA A CHARGE DA CARTA CAPITAL a href=”http://negrobelchior.cartacapital.com.br/2014/11/19/20-de-novembro-dia-de-zumbi-de-dandara-e-de-marchar-pela-vida/” target=”_blank”strong(CLICANDO AQUI)/strong/a./p
p style=”text-align: justify;”
!–more–
/p

nov 21

A CONSTRUÇÃO DE NOVOS CEDUCS PRECISA ACONTECER NA PRÓXIMA GESTÃO

O ano de 2014 foi de uma verdadeira “revolução” na Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac/RN). Sem as condições mínimas necessárias para atender os menores infratores, no final de março a justiça nomeou a delegada Kalina Leite como interventora do órgão. Após algumas melhorias que foram feitas durante estes oito meses de intervenção, o próximo Governo terá como maior desafio o aumento no número de vagas e a construção de novos Centros Educacionais (Ceducs).

Segundo os dados mais recentes levantados pelo juiz da 3ª Vara da Infância e da Juventude de Natal, Homero Lechner, crimes de roubo e homicídio praticados por adolescentes no Rio Grande do Norte tiveram um aumento de 160% em quatro anos, passando de 331 casos para 863 entre 2010 e 2013. E em 2014, somente nos oito primeiros meses (de janeiro a agosto), esses tipos de delitos cometidos por jovens com menos de 18 anos já tinha alcançado a marca de 715 – 82,8% do registrado em todo o ano passado.

Atualmente são 123 vagas no sistema, mas a grande maioria já está ocupada, número bem inferior ao necessário para atender a demanda atual. “Hoje em dia nós temos uma demanda diária muito grande de menores infratores. Nós conseguimos manter os adolescentes detidos em um primeiro momento, mas depois muitos são liberados por falta de vagas”, destacou Homero.

Ainda de acordo com o juiz, a solução para a falta de vagas passa pela construção de dois novos Ceducs, um em Ceará-Mirim e outro na região do Alto Oeste. “O Ceduc de Ceará-Mirim teria capacidade para receber 60 menores infratores. O recurso para a realização da obra existe, mas ele ainda precisa ser liberado. Acredito que a liberação desse recurso é o primeiro passo que o novo Governo deve tentar com relação ao atendimento a criança e adolescente”, afirmou.

Segundo Kalina, os Ceducs de Caicó e Pitimbu (em Parnamirim) devem ter as reformas concluídas até o início do ano. “Com isso nós também iremos conseguir aumentar ainda mais as vagas. Com o Pitimbu, teremos mais 72 vagas e com o de Caicó serão mais 10 (passará de 18 para 28)”.

Outra preocupação para o próximo Governo é a melhoria das políticas pedagógicas para os menores infratores, o que diminuiria o número de adolescentes que retornam para os Ceducs. “Hoje existe um grande número de menores que cumprem a pena nos Ceducs, são liberados, mas voltam para as ruas e cometem novos crimes e acabam retornando para os Ceducs. Um dos motivos é a total falta de políticas de ressocialização para esses jovens. É preciso que o Governo consiga inserir esses jovens no mercado de trabalho”, comentou Homero Lechner.

Melhorias realizadas

Se a maior preocupação para o próximo Governo em relação a Fundac será “apenas” o aumento do número de Vagas dos Ceducs, isso acontece pela trabalho realizado durante os oito meses que a Fundação está sendo dirigida pela delegada Kalina Leite, que vem atuando como interventora depois de uma decisão da justiça.

“Nós encontramos a Fundac passando por um absoluto caos. A Fundac não tinha condições de oferecer nenhum serviço para esses menores. Faltavam materiais básicos. Nem mesmo material de limpeza a Fundac tinha. As instalações físicas estavam precárias. Difícil até mesmo de se trabalhar, imagine atender aos adolescentes infratores. As pessoas falavam muito da falta de vagas, mas esse era apenas um dos problemas. Primeiro nós tivemos que resolver esses problemas, a urgência da urgência, caso contrário não teríamos como fazer nenhum tipo de trabalho”.

Depois de conseguir abastecer todas as unidades com o material básico, o próximo passo da interventora foi melhorar a questão da segurança. “Nós instalamos câmeras de segurança nas unidades. Em Mossoró, por exemplo, nós tínhamos diversas fugas. Com as câmeras, essa situação mudou e há muito tempo que não temos nenhuma fuga na unidade de lá”, afirmou Kalina, que ainda completou. “Nós tínhamos um orçamento que ultrapassava os R$ 9 milhões. Entretanto, conseguimos realizar todas essas melhorias usando praticamente a metade desse valor”.

O período da intervenção na Fundac foi prorrogado até setembro de 2015. Porém, existe a possibilidade de que Kalina não fique até a data, já que é apontada como a possível secretária de segurança do Rio Grande do Norte do novo Governo. Sobre o assunto, ela preferiu não comentar. Porém, o juiz Homero Lechner já lamenta a provável saída de Kalina. “Isso mostra que fizemos uma escolha muita certa quando a nomeamos como interventora. Agora teremos que encontrar um outro interventor que tenha as mesmas características e que possa seguir com os projetos que estão sendo desenvolvidos pela Kalina”.

JORNAL DE HOJE

Leia mais »

nov 21

POLÍCIA DO RN PRENDE IRMÃOS ACUSADOS DE ABUSAR SEXUALMENTE DE JOVEM DE 14 ANOS

Após 60 dias de investigação, a equipe de policiais civis de Apodi, sob o comando do delegado Renato da Silva Oliveira, efetuou a prisão dos irmãos, Jose Alcivam Gurgel Bessa e Francisco Alcimar Gurgel de Bessa, ambos naturais do município de Rodolfo Fernandes, no Médio Oeste. A dupla é acusada de praticar violência sexual contra uma adolescente de 14 anos por cerca de 4 anos.

A prisão dos acusados aconteceu na zona rural de Rodolfo Fernandes, através de uma operação policial de combate a pedofilia, denominada de Operação “Papa Figo”. A ação contou com o apoio do comandante do Destacamento da Policia Militar de Rodolfo Fernandes, cabo PM Edimar Oliveira.

Ao dar cumprimento aos Mandados de Prisão, Busca e Apreensão, assinados pela juíza da Comarca de Apodi, Kátia Guedes Dias, ainda foram encontrados na fazenda dos irmãos duas espingardas calibre 28, ambas devidamente registradas no Sistema Nacional de Armas de Fogo (SINARM).

De acordo com o delegado Renato Oliveira, as investigações foram iniciadas através de denuncias feitas pelos pais da criança. “Os pais da criança me procuraram e denunciaram que os dois irmãos vinham abusando sexualmente da criança desde os 10 anos de idade, a partir dessas denuncias iniciamos as investigações”, disse o delegado.

Os abusos sexuais e atos libidinosos contra a criança fora constatados através de exames realizados pelo Instituto Técnico-Científico de Polícia do Rio Grande do Norte (ITEP/RN).

Os irmãos, Jose Alcivan e Francisco Alcimar, foram encaminhados pelo delegado Renato da Silva Oliveira, para carceragem do Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP), onde vão aguardar por decisão da justiça da Comarca de Apodi.

COMBATE À PEDOFILIA

A Policia Civil de Apodi vem fechando o cerco contra a pedofilia nos municípios que compõem a área geográfica da Comarca de Apodi, formada pelas cidades de Felipe Guerra, Itaú, Rodolfo Fernandes e Severiano Melo. O delegado Renato Oliveira já prendeu vários pedófilos e dará continuidade ao trabalho de combate à pedofilia. Qualquer denúncia sobre crimes dessa natureza pode ser feita pelo telefone (84) 3333-2737, não é necessário se identificar.

Degepol

Leia mais »

nov 21

PM PRENDE SUSPEITO DE MAIS DE DEZ HOMICÍDIOS E DE COMANDAR PISTOLAGEM

A Polícia Militar em São José de Mipibu, com apoio de BPChoque, deflagrou nesta quinta-feira (20), a Operação Barão de Mipibu. Em cumprimento a mandado de prisão, os policiais militares realizaram a prisão de Wallace Santos de Sales, de 26 anos, mais conhecido como Lala.

Ele é suspeito da prática de mais de dez homicídios no município de São José de Mipibu, como também de ser um dos líderes de uma organização criminosa acusada de crimes de pistolagem.

Com o acusado, foi encontrado um revólver calibre 38, com seis munições, duas espingardas, bala-clava e um colete tático. O nome da operação faz alusão ao local onde a prisão foi realizada, na antiga mansão do Barão de Mipibu

Portal BO

Leia mais »

nov 21

MACAÍBA: POLICIA CIVIL PRENDE “VOVÓ DO TRAFICO” NO BAIRRO VILA SÃO JOSÉ E MAIS TRÊS HOMENS COM DROGAS.

Policia Civil de Macaíba prendeu nesta Tarde de Quinta-Feira (20) uma quadrilha por trafico de drogas. Os policias civis que participaram desta operação relataram a reportagem da CONNECTTV, que receberam uma informação anonima que um veiculo escuro que estava próximo ao posto de combustível Ramalho, que fica localizado nas margens da RN160 na saída da cidade.

Após os policias se deparam que o veiculo, ouve uma perseguição e conseguiram interceptar o carro no centro de Macaíba, onde estava dois homens identificados por nomes de Wendemberg Cardoso Gomes, 20 anos e Andre Felipe dos Santos Gonçalves, 22 anos. com eles foram encontrados 7 KG de maconha, onde seria entregue no bairro Felipe Camarão em Natal.

Ainda nesta operação a Policia recebeu outra informação que esta dupla tinha recebido a droga em uma residencia no bairro Vila São José, após chegarem no local e durante abordagem foi encontrado uma idosa identificada por Maria de Fátima dos Santos, conhecida por “Moça” e pela policia como a “Vovó do Trafico da vila” de 62 anos e um rapaz identificado por “Nego Hã”.

Na residencia foi encontrado 200 pedras de crack.

A quadrilha foi conduzida para a delegacia da DENARC em Natal devido a grande quantidade de drogas, onde serão atuados por trafico.

Leia mais »

nov 21

CHARGE DO DIA: CONFESSIONÁRIO PREMIADO

nov 19

PMS DE PARNAMIRIM JULGADOS POR MORTE DE ESTUDANTE SÃO ABSOLVIDOS

Os três policiais militares julgados hoje pela morte do estudante de Direito, Diego Coelho de Oliveira, foram absolvidos agora há pouco.

Os votos dos quatro primeiros jurados foram contra a condenação. Como são sete, neste momento o juiz já interrompe a leitura dos votos.

O júri foi realizado no fórum de Parnamirim. O fato ocorreu em 21 outubro de 2008, quando Diego foi atingido com um tiro nas costas quando andava de motocicleta e furou uma barreira formada pelos policiais.

O julgamento começou na manhã desta terça-feira, 18, e o veredicto foi dado no final noite.

A advogada dos três policiais Kátia Nunes comemorou a absolvição. “A família policial está feliz, porque se fez justiça. Lamentamos muito a morte do Diego, mas foi uma fatalidade”, disse ela.

Para absolver os PMs Kátia Nunes alegou que eles agiram no cumprimento do dever e em legitima defesa putativa, já que o rapaz que ia de carona na moto de Diego teria feito um gesto com as mãos como se estivesse armado e que atiraria. “Eles não estavam numa farra, estavam trabalhando em defesa da sociedade”.

A promotoria vai recorrer do resultado do julgamento.

Leia mais »

nov 17

SENASP ESTÁ REALIZANDO PESQUISA SOBRE RELAÇÕES HIERÁRQUICAS NAS PMs

Com o objetivo de analisar as possíveis relações das estruturas hierárquicas das Polícias Militares brasileiras com a qualidade de vida dos profissionais envolvidos, a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) está convidando os policiais militares de todos os estados a participarem da pesquisa sobre Relações Hierárquicas e Aspectos da Cultura e do Clima Organizacional nas Polícias Militares Brasileiras. A iniciativa tem a parceria do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, por meio do Projeto de Qualidade de Vida para os Profissionais de Segurança Pública/DEPAID.

A participação, feita via internet, é totalmente voluntária, com total anonimato e sigilo sobre as respostas. Em média, são necessários cerca de 20 minutos para que o PM responda todos os tópicos. Praças que desejarem participar podem acessar AQUI a pesquisa, que estará disponível até o dia 20 de novembro. Ou através deste link: https://pt.surveymonkey.com/s/pesquisaPM2014

Caso o praça tenha dúvidas sobre questões da pesquisa, a Senasp solicita que o PM entre em contato através do e-mail qualivida.seguranca@mj.gov.br

De acordo com as informações divulgadas pela Senasp, esta etapa da pesquisa consiste em realizar um levantamento (online), em todo o território nacional, visando identificar os valores e as práticas organizacionais que sustentam o modelo disciplinar e hierárquico das Polícias Militares. As informações da pesquisa, afirma a Secretaria, contribuirão para o estabelecimento de diretrizes e políticas públicas direcionadas aos policiais militares.

Leia mais »

nov 17

ANASPRA ELEGE NOVA DIRETORIA COM CHAPA ÚNICA

A nova diretoria da Associação Nacional de Praças (ANASPRA) foi eleita neste sábado (15) durante a Assembleia Geral Ordinária de Eleições, no Clube Social dos Policiais Federais do Distrito Federal para o triênio 2014/2018. A disputa contou apenas com uma chapa, a votação foi consensual e unânime.

O presidente eleito foi o Soldado Elizandro Lotin, da Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (SC), como 1º vice-presidente foi escolhido o Sargento Eder (MG) e 2º vice-presidente o atual presidente da ASSPMBM/RN, Sargento Eliabe Marques.

A posse da nova diretoria também aconteceu ao final da tarde deste sábado.

A assembleia contou com dois momentos muito significativos, o primeiro a apresentação dos representantes das entidades dos estados do Maranhão, Bahia, Minas Gerais, Brasília, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia, Ceará, Alagoas e São Paulo, este último bastante comemorado pelas associações por ter a adesão de mais um estado do sudeste que possui bastante peso na luta dos militares.

O segundo momento de grande importância no evento, foi a homenagem prestada pela comissão eleitoral aos companheiros Sgto Soares (SC), Sgto Aragão (TO), Cabo Jeoás (RN), Soldado Prisco (BA), Cabo J. Costa (SC) e Cabo Patrício (DF) que não puderam estar presentes nesta reunião, mas, que sempre lutaram pela consolidação da ANASPRA e merecem reconhecimento pelo trabalho que é constantemente realizado.

O ex-presidente e soldado, Pedro Queiroz explica que ainda há desafios e lutas para a diretoria que assume, mas, que a última gestão foi importante para abrir espaço de debate no Distrito Federal. “A abertura do Ministério da Justiça para fazer uma audiência pública e tratar a importância da desmilitarização foi muito importante para termos policiais com uma formação mais voltada à cidadania.”

Após algumas deliberações e da leitura do Estatuto que regulamenta as eleições, a chapa se reuniu para organizar o posicionamento dos representantes. Em seguida, foi feita votação entre os presentes dando a chapa única vitória por unanimidade. Também foram eleitos os cinco membros do conselho fiscal. O presidente do conselho foi escolhido pelo Soldado Lotin, o Soldado Queiroz Jr.

O presidente eleito, Lotin, esclarece que a ANASPRA ainda não conseguiu imprimir um ritmo de atuação em prol da categoria e este é o objetivo da nova diretoria. “A partir de agora pretendemos dar vida orgânica, tornando a Associação Nacional efetivamente uma entidade que representa os militares, percebemos que todos os problemas listados pelos estados são basicamente, os mesmos e vários podem ser resolvidos aqui em Brasília, o papel da ANASPRA é fazer o debate sobre os trabalhadores e também sobre a segurança pública, neste sentido nosso papel é fundamental para englobar a sociedade e categoria.”

Para o presidente da ASSPMBM/RN, Eliabe Marques o momento agora é de união, das associações e de trabalho para tornar a ANASPRA não apenas um órgão de representação dos praças, como também, um canal entre as associações. “Fico muito feliz em ver as entidades do RN presentes nesta Assembleia, é muito importante o acompanhamento do trabalho da Associação, que vamos continuar e lutar para que outras unidades também participem do debate junto a ANASPRA”, conclui.

A ANASPRA nasceu em 2007 e representa em nível nacional os praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. Com um espaço no Conselho Nacional de Segurança Pública (CONASP) a entidade luta a favor de melhorias tanto para a categoria como também para a sociedade.

ASSPMBMRN

Leia mais »

nov 17

APÓS PIADA EM WHATSAPP, PM FAZ BLITZ DA LEI SECA E PRENDE 26 EM NATAL

Responsável por coordenar as operações da Lei Seca na capital potiguar, o tenente da Polícia Militar Styvenson Valentim disse que ficou chateado com uma foto que circulou nas redes sociais na qual ele aparece embarcando, na última quarta-feira (12), para um seminário em Brasília, e decidiu dar uma resposta à provocação.

A imagem, de autoria desconhecida, se espalhou pelos grupos de WhatsApp com a seguinte mensagem: ‘Bora beber que o homem viajou… vai com Deus Ten. Steyveson’.

Na madrugada deste sábado (15), já com o tenente de volta a Natal, 57 carteiras de habilitação foram recolhidas e 26 motoristas presos por embriaguez ao volante durante fiscalização realizada na Avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul da cidade. “Esta foi a minha resposta”, afirmou ao G1.

Enquanto permaneceu no Distrito Federal, não houve nenhuma fiscalização para coibir crimes de trânsito na capital potiguar. O tenente disse que desembarcou em Natal pouco depois da meia-noite, já na madrugada deste sábado. Meia hora depois, já estava na Avenida Engenheiro Roberto Freire, onde montou a barreira de fiscalização juntamente com o Departamento Estadual de Trânsito.

“Estava muito cansado. Mas decidi dar uma resposta ao gaiato que fez a foto e espalhou a imagem. Para mim, isso foi um afronte. Não à minha pessoa, mas à legislação. Se arrisca quem acha que tá liberado beber e dirigir”, rebateu.

O oficial foi fotografado no saguão do Aeroporto Internacional Aluízio Alves. Ele e o comandante geral da corporação, coronel Francisco Araújo Silva, foram a Brasília participar de um seminário internacional sobre segurança no trânsito. O comandante retornou a Natal primeiro, chegando ainda na tarde da sexta-feira (14). Já o tenente, pegou outro voo.

Choro na blitz
Ainda de acordo com o tenente Styvenson, um dos motoristas presos durante a blitz realizada nesta madrugada chorou após soprar o bafômetro e ficar constatado que ele estava sob efeito de álcool.

“O rapaz chorou bastante. Tava tão bêbado que inventou um monte de histórias. Disse até que havia sido assaltado. Descobrimos, depois, que ele tinha brigado numa festa, onde encheu a cara”, revelou o oficial.

O rapaz, assim como os outros 25 detidos por embriaguez ao volante, foram autuados na Delegacia Móvel da Polícia Civil, pagaram fiança e foram liberados. Mesmo assim, responderão criminalmente pelo crime de trânsito, pagarão multa no valor de R$ 1.915,40, perderão 7 pontos na carteira e ainda terão a CNH apreendida durante um ano.

Estatísticas
Em Natal, a operação Lei Seca já prendeu 567 pessoas dirigindo sob efeito de álcool somente no período de janeiro a agosto deste ano. Do total de presos, 495 são homens e 72 mulheres. Os dados, divulgados pelo Detran, mostram ainda que outros 1.693 motoristas foram autuados administrativamente por embriaguez ao volante.

No total, a operação autuou criminalmente e administrativamente 2.260 condutores, dos quais 1.977 tiveram suas carteiras de habilitação apreendidas. De todas as autuações, administrativas e criminais, 81,95% envolveram homens e 18,05% mulheres. Os motoristas que não tiveram as carteiras apreendidas se encontravam sem habilitação ou eram inabilitados.

Dos 2.260 motoristas autuados, 1.079 foram punidos por terem se recusado a fazer o bafômetro. As recusas ao teste do etilômetro representam 47,7%, quase metade das autuações. Quando a situação acontece, o condutor é autuado administrativamente, tem a carteira de habilitação recolhida e é multado em R$ 1.915,40.

Lei Seca
As regras da Lei Seca consideram ato criminal quando o motorista é flagrado dirigindo com índice de álcool no sangue superior ao permitido pelo Código Brasileiro de Trânsito: 0,34 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou 6 decigramas por litro de sangue.

Nesse caso, a pena é de detenção de 6 meses a 3 anos, multa e suspensão temporária da carteira de motorista ou proibição permanente de obter a habilitação.

Condutores autuados por esse tipo de infração pagam R$ 1.915,40 de multa, perdem 7 pontos na carteira e têm a CNH apreendida. O valor é dobrado caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.

Se o bafômetro registrar um índice igual ou superior a 0,05 miligrama de álcool por litro de ar, mas abaixo do 0,34 permitido pelo Código de Trânsito, o condutor é punido apenas com multa.
No exame de sangue, o motorista será multado por qualquer concentração de álcool, e pode ser preso se tiver mais de 6 decigramas de álcool por litro de sangue.

G1/RN

Leia mais »

nov 17

FORAGIDO DROGADO ATEA FOGO NA CASA DA MÃE, ROUBA MOTOCICLETA, AGRIDE PRIMO E METE A FACA EM PM

Um homem enfurecido, que segundo a polícia, aparentava estar sob efeito de drogas, ateou fogo na casa da própria mãe, roubou uma motocicleta, esfaqueou um primo e ainda atentou contra a vida de um policial militar. A sequência de crimes aconteceu neste sábado na cidade de Macau. Jocélio Silva de Souza, de 26 anos, acabou levando dois tiros da PMs, que o perseguiu pela cidade. Ele foi socorrido ao hospital.

“Temos informações que ele não corre risco de morte. O primo que ele esfaqueou, também está fora de perigo. Já o policial, que foi alvo da fúria, teve a farda e o colete perfurados pelas facadas, mas, felizmente, não sofreu nenhuma lesão”, afirmou o major PM Alberto Gomes, comandante do policiamento na região. O oficial acrescentou que Jocélio já cumpre pena no regime semiaberto por tráfico de drogas.

Segundo ele, outros policiais que atenderam à ocorrência, tiveram que dar dois tiros para conter o criminoso. “Ele estava drogado. Primeiro, tocou fogo na casa da própria mãe. Depois, esfaqueou o primo e roubou a moto dele. Foi quando ficamos sabendo e fomos atrás para prendê-lo. Ao ser abordado, ele partiu para cima dos policiais. Um dos soldados atirou em sua perna. Como ele tentou uma nova investida, acabou levando outro tiro, que o atingiu no abdômen. Só assim, conseguimos contê-lo”, relatou.

Focoelho

Leia mais »

nov 17

CHARGE DO DIA: PREFERENCIAL

nov 14

POLÍCIA MILITAR CONVOCA 242 CABOS PARA REALIZAREM O ESTÁGIO DE HABILITAÇÃO A SARGENTO

A Polícia Militar convocou através do Boletim Geral 212 (CLICK AQUI) o total de 242 cabos para se apresentarem no CEFAP às 07:00 horas desta segunda-feira, 17 de novembro de 2014.

Os cabos irão realizar o Estágio de Habilitação a Sargento durante o período de 30 dias e serão promovidos no dia 21 de abril de 2015.

Leia mais »

nov 14

POLÍCIA MILITAR FORMA CERCA DE 80 NOVOS SARGENTOS

Aconteceu na manhã desta sexta-feira, 14, no CEFAP, a formatura dos novos sargentos através do estágio de habilitação. A promoção ocorrerá dia 21 de abril de 2015.

Leia mais »

nov 14

SEPULTAMENTO DO SOLDADO ALEXANDRO NA CIDADE DE MAJOR SALES/RN

VEJAM TODAS AS FOTOS CLICANDO AQUI.
Leia mais »

nov 14

VÍDEO DA TROCA DE TIROS ENTRE SOLDADO ALEXANDRO E BANDIDO DENTRO DOS CORREIOS DA CIDADE DE MAJOR SALES/RN

nov 13

VELÓRIO DO SOLDADO ALEXANDRO OLIVEIRA ACONTECE EM MAJOR SALES

O corpo de Soldado Alexandre Oliveira está sendo velado na casa dos pais, localizada na travessa João Germano em Major Sales.

O sepultamento acontecerá nesta quinta-feira, 13, às 16:00 horas.

Leia mais »

nov 12

PM DE LUTO! POLICIAL MILITAR BALEADO DURANTE ASSALTO NO INTERIOR MORRE NO HOSPITAL

Morreu na madrugada desta quarta-feira (12), o soldado da Polícia Militar Alexandro Oliveira, de 34 anos. O policial tinha sido baleado durante um assalto, na tarde desta terça-feira (11), na cidade de Major Sales. Ele estava em uma agência dos Correios quando bandidos invadiram o local para assaltar.

Os criminosos acabaram atirando contra Alexandro que não estava de serviço no momento da ação. Após ser baleado, o soldado foi levado para o Hospital Regional de Pau dos Ferros e como estava em estado grave, seria transferido durante a madrugada pra o Hospital Regional de Mossoró.

Ele chegou a passar por cirurgia e estava estável durante a noite, no entanto, apresentou uma piora e acabou morrendo por volta das 3h. O policial tinha sido atingido pro vários tiros nos braços e no abdômen.

PORTAL BO

Leia mais »

nov 12

HOMICÍDIOS TÊM AUMENTO DE 102% NO RN

Os números de crimes violentos letais no Rio Grande do Norte tiveram um aumento de 102,4%, entre os anos de 2012 e 2013, segundo o 8º Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2014, que foi disponibilizado ontem, terça-feira (11), pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP ).

Paralelamente a este aumento no número de crimes violentos, houve a diminuição nos investimentos em segurança pública nesse período: em 2012 foram investidos aproximadamente R$ 831 milhões; já em 2013 esse valor caiu para cerca de R$ 707 milhões, sendo uma variação de 14,87%, para menos.

O FBSP é uma organização sem fins lucrativos que busca contribuir com a discussão, o debate, articulação e cooperação técnica para a segurança pública no Brasil.

O Anuário da FBSP possuí 156 páginas e mostra diversas informações sobre a situação da segurança pública. Ele traz números sobre os efetivos policiais, investimentos em segurança, tipos de crimes cometidos, crimes envolvendo policiais e diversos outros dados sobre a segurança pública entre os anos de 2012 e 2013.

Os dados do anuário mostram que entre os estados da federação, o Rio Grande do Norte foi o que teve a maior variação do aumento de números de crimes letais (homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte). Em 2012 a cada 100 mil habitantes, 12,0 foram vítimas de crimes letais, e esse índice aumentou para 24,3 em 2013. Um crescimento da violência, ocasionado pela crise no sistema de segurança do RN, que se encontra em situação crítica nos últimos anos.

Um ponto interessante registrado no anuário é a diminuição do número de roubo de veículos que caiu de 3.359 em 2012 para 1.636 em 2013, uma redução de quase 50%. Os estupros também diminuíram de 329 para 236 casos. O anuário mostra também a evolução e aumento do número de pessoas mortas por policiais, que desde 2009 já fizeram 11.197 vítimas em todo o país.

O Presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos, Marcos Dionísio, comentou sobre os dados do anuário e apontou que esses índices não espelham a realidade do RN e que eles são bem maiores do que foi apontado pelo estudo. “ A situação é bem grave no RN e esses números são baixos para o que o Conselho apurou. Nós fizemos um levantamento mais complexo, onde não deixamos escapar nenhum caso de homicídio no RN”, comentou o presidente.

Ele também explicou que é preciso mais agilidade na divulgação desse anuário, que é entregue com muito tempo de atraso. Marcos Dionísio ressaltou também a importância do Anuário para a gestor público, principalmente por mostrar quais os pontos mais fracos da segurança pública.

O Delegado Geral de Polícia da Degepol, Adson Kleper, apontou algum elementos que podem ter levado a esse aumento de crimes. “Eu acredito que isso tenha acontecido pela diminuição do efetivo da polícia civil nos últimos anos. O fator capacidade de investigação dos homicídios influiu muito nesse índice, além da diminuição do policiamento ostensivo da polícia militar ao decorrer do anos”, afirma.

O delegado explicou que esse índice deve cair neste ano de 2014, principalmente, devido à reestruturação da capacidade investigativa da Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom), reposição de policias, aquisição de viaturas e equipamentos de trabalho.

“Desde que mudamos a competência da Dehon o número de homicídios vem caindo, houve um freio nessa violência nos meses de agosto, setembro e outubro em Natal e região metropolitana. Isso tudo só pela mudança de gestão. Em apenas dois meses a Dehon prendeu seis pessoas através de investigação, três em fragrante e três em mandatos de prisão preventiva” concluiu o delegado. O anuário pode ser baixado no site do Fórum de Segurança Pública, forumseguranca.org.br.

Leia mais »

nov 12

UMA PESSOA É ASSASSINADA A CADA 10 MINUTOS NO BRASIL

Quase seis pessoas foram assassinadas, por hora, no Brasil no ano passado, apontam dados da oitava edição do Anuário de Segurança Pública, divulgado hoje (11) pela organização não governamental Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Foram 50.806 vítimas de homicídios dolosos, ou 5,8 pessoas a cada hora, o que significa uma taxa de 25,2 mortes para cada grupo de 100 mil pessoas. Na comparação com os dados de 2012 – quando foi registrada taxa de 25,9 óbitos por grupo de 100 mil, houve redução de 2,6%.

Em números absolutos, no entanto, houve aumento de 1,1%, tendo em vista que foram contabilizados 50.241 de vítimas no ano anterior. Para a organização, a redução no indicador per capita pode ser explicada pelo crescimento da população. A FBSP avalia que é possível reduzir as taxas de homicídios em 65,5% até 2030, o que implica uma redução anual de 5,7%. A projeção é feita a partir dos números do estado de São Paulo, que reduziu os índices desde a década de 1990.

São Paulo continua sendo o estado com menor taxa de vítimas, com 10,8 mortes a cada 100 mil habitantes. Na comparação com 2012, quando foi verificada uma taxa de 12,4, houve recuo de 12,9%. Em números absolutos, o total de vítimas caiu de 5.209 para 4.739, uma melhora de 9,02%. A organização avalia, no entanto, que a qualidade de informações do governo paulista está no Grupo 2, o que indica que pode haver subnotificação.

Alagoas tem a pior taxa do país, com 64,7 vítimas para cada 100 mil habitantes, o que representa alta de 0,4% em relação a 2012. A Bahia, por sua vez, é o estado com maior número absoluto de mortes, com um total de 5.440 vítimas. A taxa de homicídio é 36,1. Apesar de alarmante, na avaliação do fórum, os números representam retração de 7,47% no total de vítimas e 12,9% na taxa de mortos em relação a 2012.

Leia mais »

nov 12

‘FUI JOGADA NO CHÃO E CHUTADA’, DIZ CADEIRANTE DE 79 ANOS APÓS ASSALTO

Agredida durante um assalto na manhã desta segunda-feira (10) em São José de Mipibu, na Grande Natal, uma cadeirante de 79 anos lembrou detalhes da ação dos criminosos. “Me jogou no chão e começou a me chutar com os pés”, contou a vítima em entrevista à Inter TV Cabugi nesta terça (11). A polícia informou que os criminosos estavam em busca do dinheiro de um seguro que a idosa receberia pela morte de um filho, mas só encontraram 30 reais.

A ocorrência registrada na Delegacia de Polícia de São José de Mipibu diz que dois homens chegaram na casa da vítima – um imóvel de taipa que fica na zona rural do município – e a chamaram no portão. Uma neta da idosa abriu a porta e os homens entraram e anunciaram o assalto.

A senhora – que estava deitada – foi jogada no chão e levou chutes dos criminosos. De acordo com a polícia, um dos homens estava armado e o tempo todo pedia o dinheiro do seguro. “Eles quebraram coisas da casa, como copos, pratos, reviraram tudo e encontraram apenas R$ 30″, disse o agente de Polícia Civil Wellington Barbosa. Na delegacia, a família informou que de fato um filho da idosa morreu em 2003 de acidente de carro, mas que ninguém recebeu nenhum seguro.

A Polícia Civil acrescenta que a neta da idosa não conseguiu passar as características dos assaltantes e os dois continuam foragidos.

Leia mais »

nov 12

POLÍCIA CIVIL CONSEGUE PRENDER JOVEM MAIS PROCURADO DE CEARÁ-MIRIM

O jovem Jobson Nascimento de Oliveira, mais conhecido como “Bica”, foi preso na manhã desta quarta-feira, 11, por policiais civis da delegacia da cidade de Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal.

De acordo com o Chefe de Investigação da DP, Jobson é acusado de dois homicídios. Sendo um deles contra um guarda municipal da cidade. As investigações começaram após uma loja de eletromóveis da cidade ser assaltada na semana passada.

Na ação, os criminosos roubaram R$ 60 mil do proprietário e desde então a Polícia Civil vinha realizando diligências para capturar os bandidos. Jobson foi localizado e preso no bairro de Felipe Camarão.

O acusado confessou a participação no assalto e disse que contou com a ajuda de funcionários da loja. O valor subtraído foi repartido e com a parte dele, “Bica”, comprou um veículo em Natal.

Na casa dele, foram encontrados dois revólveres e inúmeras jóias.

“Bica” negou participação no crime contra o guarda municipal. O acusado está nesse momento sendo ouvido na delegacia da cidade.

190 RN

Leia mais »

nov 12

AGENTES ENCONTRAM DROGAS, CELULARES E FACAS EM PRESÍDIO DO SERIDÓ POTIGUAR

Agentes penitenciários apreenderam na manhã desta terça-feira (11), dentro da Penitenciária Estadual de Caicó, na região Seridó do Rio Grande do Norte, dezenas de facas artesanais, quase meio quilo de drogas, 30 telefones e diversos acessórios para aparelhos celulares, como carregadores, baterias, fones de ouvido e chips. O material foi encontrado dentro das celas de três pavilhões da unidade, que possui atualmente cerca de 440 detentos.

Segundo o agente Alex Alexandre, diretor do Pereirão – como é mais conhecida a penitenciária – a revista foi iniciada assim que o dia amanheceu. “A maior parte deste material entrou na unidade por meio de adolescentes, que jogam os objetos por cima dos muros. Este ano, vários menores foram flagrados e apreendidos fazendo isso”, revelou. Ainda de acordo com o diretor, uma sindicância interna foi instaurada para tentar identificar os presos responsáveis pelo recebimento e posse do material encontrado.

Participaram da revista agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE), do Grupo de Escolta Penitenciária (GEP), além dos próprios agentes da unidade.

Mais de 3.620 objetos proibidos
Levantamento repassado ao G1 pela Coordenadoria de Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte (Coape) apontou que mais de 3.620 objetos proibidos foram apreendidos dentro das unidades prisionais do estado no período de janeiro ao dia 15 de outubro deste ano. Foram 1.240 aparelhos celulares, 1.678 chips e/ou acessórios para telefones móveis (como baterias, carregadores e fones de ouvido) e 708 armas brancas (facas, estiletes, serras, dentre outros objetos cortantes de fabricação artesanal).

Segundo Dinorá Simas, diretora da Coape, a estatística soma todo o material encontrado em 33 unidades administradas pela Secretaria Estadual da Justiça e da Cidadania (Sejuc).

Leia mais »

nov 12

POLÍCIA PRENDE PISTOLEIROS SUSPEITOS DA MORTE DE DONO DE RESTAURANTE EM TIBAU DO SUL

A polícia prendeu dois homens pelo assassinato do empresário Jacinto Manoel de Souza, de 55 anos, morto a tiros na manhã desta terça-feira (11), quando estava saindo de casa, em Tibau do Sul. A vítima era proprietária de um restaurante naquela localidade. Os dois homens presos, de acordo com polícia, são pistoleiros e confessaram.

Os suspeitos foram identificados como Rosberg Rodrigues de Couto, de 27 anos, e Ricardo Gomes de Araújo, de 24 anos. Os dois estavam portando duas armas. Eles teriam sido vistos por testemunhas, no momento do homicídio, e a polícia rapidamente foi acionada, passando a realizar diligências.

Já em Goianinha, houve um cerco, e a dupla acabou detida. Eles estavam em um veículo Strada, com placas de Maceió-AL. Rosberg e Ricardo foram levados para a delegacia e lá confessaram ter matado o empresário Jacinto, bem como disseram ser pistoleiros.

A polícia continua ouvindo a dupla para saber detalhes do caso, como quem os contratou para a prática do homicídio e qual seria a motivação.

Portal BO

Leia mais »

nov 12

DONO DE RESTAURANTE EM TIBAU DO SUL É ASSASSINADO A TIROS

O proprietário de um restaurante em Tibau do Sul, o Ponta do Barravento, foi assassinado a tiros, na manhã desta terça-feira (11). A vítima, identificada como Jacinto Manoel de Souza, foi surpreendida por dois homens armados que se aproximaram e o executaram em via pública.

Nego do Barravento, como era mais conhecido, foi atingido na cabeça e na boca, morrendo no local. Os criminosos conseguiram escapar, mas, segundo informações repassadas, dois suspeitos foram presos na cidade de Goianinha.

Eles foram conduzidos para a delegacia e, neste momento, estão sendo ouvidos. O corpo do empresário Jacinto será levado para o Instituto Técnico-Científico de Polícia, em Natal, onde passará por necropsia. Ainda não se sabe o que pode ter motivado o homicídio. O restaurante Ponta do Barravento é um dos mais freqüentados na praia de Tibau do Sul.

Portal BO

Leia mais »

Posts mais antigos «