dez 10

ABRAÇO SIMBÓLICO REÚNE MILITARES EM TORNO DA ARENA DAS DUNAS

Na tarde desta segunda-feira (9), centenas de militares se reuniram no Centro Administrativo do Rio Grande do Norte e promoveram um abraço simbólico ao prédio da Governadoria, bem como ao estádio Arena das Dunas. O ato faz parte do movimento que vem sendo realizado por policiais e bombeiros em prol da Lei de Promoção de Praças.

O projeto encontra-se parado nas secretarias do Governo do Estado e as categorias cobram andamento do processo, para que a Lei de Promoção seja colocada em votação na Assembleia Legislativa. O projeto tem como objetivo corrigir uma injustiça histórica que faz com que, por exemplo, soldados passem 30 anos na PM ou no Corpo de Bombeiros e se aposentem sem nenhum tipo de promoção. Leia mais »

compartilhe

dez 10

PROTESTO DE POLICIAIS MILITARES

Policiais e bombeiros militares bloquearam uma via da BR-101, na altura do viaduto do Quarto Centenário, em protesto pedindo que a Lei de Promoção de Praças seja enviada para apreciação da Assembleia Legislativa. Por causa do movimento, o trânsito na região ficou congestionado.

O protesto começou com um “abraço” simbólico à Arena das Dunas. Em seguida, os militares seguiram para uma caminhada na rodovia. Leia mais »

dez 09

JÁ SÃO 80 VIATURAS E MOTOS DA PM PARADAS POR FALTA DE MANUTENÇÃO

No quinto dia da ação “Segurança com Segurança”, que já abrange todos os batalhões da Polícia Militar em Natal e Parnamirim, além do Esquadrão Águia do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), várias viaturas policiais já foram enviadas para manutenção e conserto pelo Comando Geral da corporação. As condições precárias dos veículos, somadas à falta de equipamentos de proteção individual e outros problemas, fazem parte das reclamações dos praças da PM, que pedem mais atenção do governo estadual. Leia mais »

dez 08

PRAÇAS DO RN VÃO ABRAÇAR A ARENA DAS DUNAS

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACSPMRN, juntamente com as demais entidades representativas de praças de nosso Estado, se encontram em um processo de conscientização da tropa e da própria sociedade acerca da falta de estrutura encontrada pelos policiais militares no seu ambiente de trabalho e os riscos que isso traz para a segurança desses profissionais, bem como, o comprometimento da qualidade do serviço prestado a população.

O movimento denominado “segurança com segurança” tem mostrado para a população em geral a “poeira que estava debaixo do tapete”, ou seja, uma deficiência dos recursos materiais utilizados pelos policiais militares que não era visto pela sociedade, haja vista que era comum a maioria das viaturas saírem para o policiamento diário com pneus carecas, com freios danificados, dentre outras irregularidades, algo que não está mais sendo tolerado pelos militares. Leia mais »

dez 08

SEGURANÇA COM SEGURANÇA: EM PROTESTO, PM’S SE NEGAM A FAZER PATRULHAMENTO NAS RUAS

Militares Estaduais se recusam a sair às ruas para realizar o policiamento ostensivo, por falta de condições de trabalho.

Desde o dia , 05, o Rio Grande do Norte sofre com a falat de policiamento, sem policiais militares. Isso porque, segundo Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar e Bombeiros Militar (ASSPMBM), o Esquadrão Águia e os 3°, 4° e 5° batalhões da Polícia Militar decidiram, em protesto, não sair às ruas para o patrulhamento em Natal durante a tarde. Segundo eles, a (falta de) ação é consequência da manifestação “Segurança com Segurança”, uma medida contra à falta de investimentos na corporação militar.

Coronel Araújo Silva negou o protesto
É importante lembrar, no entanto, que segundo o comandante-geral da PM, coronel Araújo Silva, o protesto não procede. “As equipes estão na rua. É só sair que você vai ver as viaturas patrulhando”, afirmou o coronel. Leia mais »

dez 07

SEGURANÇA COM SEGURANÇA: COMANDANTE DO CPM DIZ QUE ASSUME RESPONSABILIDADE POR IRREGULARIDADES E ASSOCIAÇÕES IRÃO REPRESENTAR CONTRA O OFICIAL SUPERIOR

No início da noite de hoje (06.12.2013) as associações representativas de praças, entre elas a Associação dos Cabos e Soldados da PMRN, foram surpreendidas pela informação de que o Coronel Alves, Comandante do Comando do Policiamento Metropolitano, teria orientado aos comandantes de unidades que assinassem as partes do movimento “Segurança com Segurança” e determinassem que seus comandados fossem para as ruas para realizar o policiamento.

Ocorre que alguns oficiais de função de comando se negaram a cumprir a determinação de assinar as partes, haja vista que poderiam ser responsabilizados pelo fato de determinar que seus comandados fossem para a rua contrariando dispositivos legais. Leia mais »

dez 06

MAIS BATALHÕES DA PM ADEREM À OPERAÇÃO “SEGURANÇA COM SEGURANÇA”

Além do Esquadrão Águia, que atende a ocorrências de trânsito, do 4º Batalhão, responsável por toda a Zona Norte de Natal e do 5º Batalhão, que atende a Zona Sul da cidade, acaba de aderir à operação “Segurança com Segurança”, o 3º Batalhão, que é responsável também pelo policiamento da Zona Sul. Os policiais alegam que as viaturas não oferecem condições adequadas para realizar o trabalho. Ao todo, já são contabilizadas, 29 viaturas e 14 motos paralisadas.

Enquanto isso, mais de 200 praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, que não estão de serviço, acampam, de forma ordeira e pacífica, em frente à Governadoria, para cobrar providências do Estado quanto à tramitação mais célere do Projeto de Lei de Promoção de Praças, para que seja aprovado pela Assembleia Legislativa ainda em 2013. Segundo as associações representativas, que dão apoio à mobilização, a intenção dos militares é permanecer no Centro Administrativo, até que a demanda seja atendida. Leia mais »

dez 06

ATUAÇÃO DE PM’S EM ÁREA INTERNA DO CARNATAL PODE CONFIGURAR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Nessa quinta-feira (05) teve início a 23ª edição do Carnatal, festa tradicional na capital do Estado. Contudo, pela primeira vez na história do evento o Carnatal passa a ser na modalidade “in-door”, adquirindo um caráter particular da festa, haja vista que somente os pagantes poderão adentrar no local do evento.

Contudo, mesmo adquirindo um caráter de natureza particular, a Polícia Militar, órgão público da Administração Direta do Governo, disponibilizou PM’s não apenas na área externa do evento, como também na área interna, o que, nos moldes da Lei nº 8.429/92 poderia se configurar ato de improbidade administrativa. Leia mais »

dez 06

SEGURANÇA COM SEGURANÇA: A PMRN DENTRO DA LEGALIDADE

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACSPMRN, juntamente com as demais entidades representativas de praças, se encontram em processo de conscientização e mobilização da tropa acerca da reinvindicação da aprovação da Lei de Promoção de Praças, e colocará um fim a situação em que o militar entra como soldado na Corporação e vai para a reserva com a mesma graduação, sem nunca ter sido promovido.

Uma das ações adotadas pelas entidades durante o período de mobilização é o movimento denominado “Segurança com Segurança”, que diferentemente do que parte da população imagina, não traz nenhuma relação com movimentos grevistas, na verdade o que ocorre é a adoção de uma postura mais legalista dos policiais militares no que diz respeito à observância das leis que regulamentam a atividade diária da Corporação. Leia mais »

dez 05

LEI DE PROMOÇÕES: PM’S INICIAM MOVIMENTO “SEGURANÇA COM SEGURANÇA” E CARNATAL PODE SER COMPROMETIDO

Por Soldado Glaucia

Acampados desde a última terça-feira, 3, no Centro Administrativo em prol do encaminhamento da Lei de Promoções de Praças a Assembleia Legislativa, os policiais militares do RN iniciaram um novo movimento denominado “Segurança com Segurança”.

O novo movimento já conta com a adesão de policiais militares das Unidades Operacionais, como o CPRE, o 3º BPM e 4º BPM. “O 3º BPM e o Esquadrão Águia já aderiram ao movimento! Viaturas e motos sem condições de trabalho não devem sair dos quartéis! O Carnatal já está comprometido!”, anunciou o presidente de uma das associações empenhadas no movimento. Leia mais »

dez 05

MILITARES LANÇAM SEGURANÇA COM SEGURANÇA E CONTINUAM ACAMPADOS NA GOVERNADORIA

O movimento dos policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte em prol da Lei de Promoção de Praças ganhou mais força nesta quinta-feira (5). Cansados de esperar por uma definição por parte do Governo do Estado, as categorias lançaram o movimento Segurança com Segurança, que visa, dentro da legalidade, exercer o trabalho policial somente com condições de estrutura e segurança para os policiais e para a sociedade.

Com isso, viaturas que estejam com problemas, como pneus carecas, estão sendo encostadas nas unidades. O policial que dirige uma viatura sem possuir o curso de condutor específico exigido por lei para aquele tipo de veículo não deve continuar exercendo essa atividade, por se tratar de um ato ilegal. Leia mais »

dez 05

ASSOCIAÇÃO RESSALTA O CARÁTER DE VOLUNTARIEDADE DE DIÁRIAS OPERACIONAIS

Às vésperas do início do CARNATAL/2013 muitos policiais militares tem buscado orientação e esclarecimentos com o setor jurídico da ACSPMRN acerca da obrigatoriedade ou não do serviço imposto por escalas das unidades em que os militares estão lotados, e, diante disso, resolvemos tecer alguns comentários.

O artigo 1º da Lei Estadual nº 7.754/99, de 18 de novembro de 1999 tem a seguinte redação: “Fica criada a Diária Operacional, vantagem específica de natureza compensatória, destinada ao policial civil ou militar, que voluntariamente, em período de folga, for empregado na sua atividade fim, de polícia judiciária ou de policiamento ostensivo”. Leia mais »

dez 04

LEI DE PROMOÇÕES: PM’S PERMANECEM ACAMPADOS EM GOVERNADORIA ATÉ ENVIO DE PROJETO À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Por Soldado Glaucia

Desde a manhã desta terça-feira, 3, os policiais e bombeiros militares do RN montaram acampamento em frente a Governadoria com o objetivo de reivindicar o encaminhamento do projeto de Lei de Promoções de Praças à Assembleia Legislativa.

Após o início da movimentação, o Comandante Geral da PM, Coronel Araújo, convocou os representantes das associações para uma reunião com o Secretário de Segurança, Aldair Rocha, a fim de cessar a movimentação. Leia mais »

dez 04

ATO PÚBLICO NA GOVERNADORIA CHAMA ATENÇÃO DAS AUTORIDADES ESTADUAIS

Acampados em frente à Governadoria, praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros clamam por melhores condições de trabalho, e, principalmente, pela possibilidade de ascender funcionalmente na carreira militar. A mobilização que começou na manhã de hoje tem como objetivo pressionar o Governo para a tramitação mais célere do Projeto de Lei de Promoção de Praças, para que seja aprovado ainda este ano pela Assembleia Legislativa. Com o objetivo de chamar a atenção das autoridades e da população pela importância da demanda, os militares pretendem permanecer no Centro Administrativo até que a reivindicação seja atendida. A iniciativa dos praças conta também com o apoio das Associações representativas. Hoje à tarde seus titulares participam de uma reunião, às 17h, com o Secretário de Segurança Pública, Aldair da Rocha. Leia mais »

dez 04

LEI DE PROMOÇÕES: POLICIAIS MILITARES ACAMPAM EM FRENTE A GOVERNADORIA

Por Soldado Glaucia

A partir dessa terça-feira, 3, os policiais e bombeiros militares do RN estarão mudando os rumos das reivindicações para aprovação da Lei de Promoções de Praças.

Os militares estaduais decidiram acampar em frente a Governadoria para pressionar o Governo do RN a dar maior celeridade ao andamento do projeto de Lei de Promoções de Praças que tramita nos corredores do Governo desde fevereiro. Leia mais »

nov 30

ASSEMBLEIA GERAL DEFINE NOVOS RUMOS PARA MOBILIZAÇÕES DA LEI DE PROMOÇÃO DE PRAÇAS

Para que o Projeto de Lei de Promoção de Praças siga à Assembleia legislativa do Estado ainda neste ano, militares prometem mudança de atitude
A partir da próxima semana, praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros cumprirão um calendário de mobilizações, em defesa da aprovação mais célere do projeto de Lei de Promoção de Praças. Em Assembleia Geral Unificada, realizada nesta sexta (29), no Clube Tiradentes, os militares decidiram pressionar o Governo por meio de atos públicos e operações que pretendam expor à população as deficiências das condições de trabalho oferecidas pelo Estado. O próximo ato público já está confirmado para esta terça (03), às 9h, em frente à Governadoria.

Protocolado junto ao Governo do Estado em fevereiro deste ano, o Projeto de Lei que permite ao praça a criação de um plano de carreira dentro da corporação militar, estava parado desde agosto na SEARH e teve, nesta semana, o estudo de impacto financeiro finalizado. Na próxima segunda-feira (02), o Projeto seguirá para a Consultoria Geral do Estado (CGE), para análise jurídica e constitucional. A expectativa de todos os praças é de que o documento siga, ainda em 2013, para aprovação na Assembleia Legislativa. Leia mais »

nov 29

RN TEVE 17 PMS FERIDOS E SEIS MORTOS EM 2013

Desde janeiro de 2013, 17 policiais militares foram baleados e outros seis morreram no Rio Grande do Norte. Os dados foram divulgados pela Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar à Inter TV Cabugi. O número de feridos aponta um aumento em relação ao ano passado. As mortes, porém, registraram queda de cerca de 30%: foram 11 PMs feridos e nove mortos em 2012. Leia mais »

nov 28

DURANTE SOLENIDADE ASSOCIAÇÕES DÃO UM RECADO À GOVERNADORA

Durante a solenidade alusiva às comemorações dos 179 anos da Polícia Militar do Estado do RN, no auditório lotado do Centro de Convenções, as entidades representativas de praças proporcionaram uma cena bastante inusitada no momento da fala a Governadora do Estado Rosalba Ciarlini.

Quando a Governadora fazia o seu discurso foi levantada uma faixa com os dizeres: “Senhora Governadora, LEI DE PROMOÇÃO DE PRAÇAS JÁ. Essa medalha nós merecemos”. Nesse momento, vários policiais militares se puseram de pé e aplaudiram a iniciativa das associações. Leia mais »

nov 26

ASSEMBLEIA GERAL UNIFICADA DEFINE NOVA AGENDA DE MOBILIZAÇÕES PARA PRAÇAS

No início da tarde desta segunda-feira, 25, militares estaduais do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar estiveram reunidos com titulares das Associações Representativas de todo o estado, em Assembleia Geral Unificada, para tomar conhecimento sobre situação do Projeto de Lei de Promoção de Praças. Durante a reunião realizada no Clube Tiradentes, também ficou definida uma agenda de mobilizações se iniciam ainda nesta semana, em defesa da aprovação mais célere do documento. Leia mais »

nov 20

GOVERNO ALTERA LEI DE PROMOÇÃO DE PRAÇAS E ASSOCIAÇÕES CONVOCA NOVA ASSEMBLEIA

299209_372744322840361_455661460_n - CopiaMais uma vez o governo demonstra total desinteresse em valorizar o policial e bombeiro militar do estado, deixando os praças da polícia militar sem nenhuma perspectiva de crescimento profissional dentro da instituição. Isso é uma vergonha!

Entenda melhor a alterações realizadas pelo governo do estado na Lei de Promoção de Praças: Leia mais »

nov 20

SUSPEITO DE PLANEJAR MATAR POLICIAIS É PRESO EM NATAL COM CARRO BLINDADO

Policiais do 5° Batalhão da PM prenderam no início da noite desta terça-feira (19), na zona Sul da capital potiguar, um homem suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas e que estaria, há cerca de 10 dias, se preparando para matar policiais. A informação foi repassada ao G1 pelo coronel Wellington Alves, comandante do policiamento militar na região metropolitana de Natal. Leia mais »

nov 20

JUSTIÇA CONDENA ESTADO DO RN A PAGAR INDENIZAÇÃO A POLICIAL MILITAR DO 6º BPM POR DANOS MORAIS

A justiça de Caicó através do Juiz André Melo Gomes Pereira proferiu sentença condenatória contra o Estado do Rio Grande do Norte no ultimo dia 12/11/2013 para este pagar a título de indenização por dano moral, o montante de R$ 10.000,00 ao Policial Militar Radmak Caetano tinha como lotação o 6º Batalhão da Policia Militar quando o processo foi iniciado na vara cível da comarca de Caicó no ano de 2009. Leia mais »

nov 16

GOVERNO ALTERA PROJETO DE LEI DE PROMOÇÃO DE PRAÇAS

nov 14

FORMAÇÃO DE PMs É QUESTIONADA, MAS GOVERNOS APONTAM AVANÇO

Se, em tese, os policiais militares reproduzem na rua o que aprendem nos exercícios técnicos e aulas teóricas das academias, o quesito “formação” ganha importância crucial na discussão sobre os rumos da PM. “Se há um treinamento autoritário e humilhante, se se tiram direitos e liberdades do policial, o que se espera que ele faça quando estiver no trabalho?”, questionou Givanildo da Silva, de São Paulo, articulador do movimento pró-desmilitarização.

Os relatos do major da PM do Ceará Plauto Lima também ilustra o que supostamente se passa em algumas corporações. “Até o linguajar é de guerra. Isso fica no subconsciente do policial”, afirmou ele. Conforme destacou Plauto, some-se a isso a pressão de parte da população e de setores da mídia por uma atuação repressora e violenta da polícia. “Muitos querem ver sangue, brutalidade. Como é que se costuma mostrar a eficácia da PM? Com o número de prisões, de apreensões. Sinal de produtividade é a população se sentir mais segura. É preciso mudar o foco”, defendeu. Leia mais »

nov 14

OUVIDOR DA PMSP APOIA DESMILITARIZAÇÃO

Luiz Gonzaga Dantas critica conduta da corporação e sugere: desmilitarização deve ser adotada como solução para a violência

Em conversa com a reportagem da Revista Vaidapé, após debate promovido na PUC, o ouvidor da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Luiz Gonzaga Dantas, revelou que o cargo que ocupa – por ter total independência da corporação – abre a possibilidade de possuir uma visão crítica da atuação policial, de seus defeitos e avanços na relação com os cidadãos.

Responsável por aglutinar todas as reclamações e denúncias feitas contra a Polícia paulista pela sociedade civil e repassá-las ao Governador e ao Secretário de Segurança Pública do Estado – atualmente o promotor Fernando Grella –, Gonzaga admitiu que a truculência, a falta de habilidade no trato com os cidadãos e os altos índices de mortes são os principais pontos a serem destacados na atuação da PM. Leia mais »

nov 14

“REFORMA DO MODELO DE SEGURANÇA PÚBLICA NÃO PODE MAIS SER ADIADA”, DIZ PEDRO TAQUES

A Comissão Especial de Segurança Pública do Senado tem dois importantes desafios pela frente – saber se existe dinheiro suficiente para o setor e, caso exista, se os recursos disponíveis são mal aplicados. Além disso, é preciso debater a desconstitucionalização do sistema de segurança pública, “para que cada estado possa levar em conta suas particularidades, suas especificidades e decidir de acordo com suas necessidades.” A análise é do relator da comissão, senador Pedro Taques (PDT-MT), após mais uma audiência pública, que nesta quarta-feira (6.11) debateu o financiamento da segurança no Brasil.

“A reforma do atual modelo de segurança pública não pode mais ser adiada. Precisamos debater de forma integrada, na busca por soluções efetivas e sustentáveis. Mas, para isso, precisamos assumir o tema como prioritário”, afirmou Pedro Taques, observando que o Colegiado dividiu os trabalhos em cinco frentes de debate: atenção ao cidadão e à vítima; estrutura da polícia brasileira; defesa civil; regulamentação de atividades potencialmente nocivas à segurança dos cidadãos e financiamento da segurança pública. Leia mais »

nov 14

ÚNICO HELICÓPTERO DA POLÍCIA DO RN ESTÁ PARADO DESDE AGOSTO POR DÍVIDA

O único helicóptero da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed) está fora de operação desde o dia 27 de agosto deste ano devido a uma dívida do governo do Rio Grande do Norte referente a serviços de manutenção. A assessoria de comunicação da Sesed informou que a aeronave Potiguar I foi levada a Fortaleza para a instalação de um imageador aéreo. O aparelho de alta tecnologia é destinado à Copa do Mundo de 2014 e possui capacidade de operação diurna e noturna, sensor infravermelho e sistemas de mapas digitais integrados. Leia mais »

nov 14

ROSALBA ENTREGA NOVOS VEÍCULOS E ARMAMENTO À PMRN

Com um investimento de aproximadamente R$ 700 mil o Governo do Estado repassou à Polícia Militar, na manhã desta quarta-feira (13), um total de 54 viaturas, sendo 44 motocicletas para a Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM), quatro caminhonetes L-200 para o Batalhão de Operações Especiais (BOPE), três caminhonetes modelo Hilux e um automóvel Ford Focus para a Companhia de Policiamento Ambiental (CIPAM) e 2 viaturas tipo Amarok para o policiamento de trânsito da Companhia de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE).

Além das viaturas, a Governadora Rosalba Ciarlini, acompanhada do secretário Estadual de Segurança Pública, Aldair da Rocha, ainda entregou dez submetralhadoras, duas carabinas (armamento de grande potencial ofensivo), doze mil munições, 40 coletes balísticos e 30 coletes táticos para equipar as diversas companhias da Polícia Militar. Leia mais »

nov 12

QUADRILHA EXPLODE BANCO E POLICIAL É FERIDO COM TIROS DE FUZIL EM APODI/RN

Cerca de 20 homens fortemente armados explodiram a agência do Banco do Brasil na cidade de Apodi, região Oeste do Rio Grande do Norte, por volta das 2h30 desta terça-feira (12). Houve intensa troca de tiros com a Polícia Militar e um soldado foi ferido com disparos de fuzil. Segundo o capitão Inácio Brilhante, comandante da PM na região, a quadrilha fugiu com destino ao Ceará. Uma caminhonete usada pelo bando foi abandonada carregada com coquetéis molotov. “Passamos mais de meia hora trocando tiros com eles. Foi um cenário de guerra”, afirmou o oficial.

O soldado Marcos Gil, que também participou da ação, contou ao G1 que a polícia recebeu uma ligação alertando sobre a presença de veículos circulando pela cidade em atitude suspeita. Uma guarnição da PM foi verificar a informação e se deparou com parte da quadrilha. “Daí começou o confronto. Foram muitos tiros. Um colega nosso foi baleado nas pernas e socorrido para o hospital regional de Mossoró. Ainda não sabemos o estado de saúde dele”, acrescentou. Leia mais »

nov 11

PRESIDENTE DE ASSOCIAÇÃO RELATA INSATISFAÇÃO DE PMs

A atual situação dos militares do Rio Grande do Norte é de insatisfação com estrutura, condições de trabalho e, principalmente, valorização das categorias. Policiais e bombeiros estão em campanha pela Lei de Promoção de Praças, como forma de amenizar uma desigualdade nas corporações.

Para se ter uma ideia, em alguns casos, policiais chegam a passar 30 anos na Polícia Militar e se aposentar como soldado, sem nenhum tipo de promoção. A TV BO entrevistou o soldado Roberto Campos, presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar, sobre a luta dos militares por melhorias.

Confira entrevista em vídeo: Leia mais »

nov 10

CRISE DA SEGURANÇA AQUECE DEBATE SOBRE FIM DA POLÍCIA MILITARIZADA

Os números do recentíssimo Anuário Brasileiro de Segurança Pública são alarmantes: 70% dos brasileiros dizem não confiar na Polícia e pelo menos cinco pessoas morrem todos os dias vítimas da instituição que deveria protegê-las. A quantidade de mortos em intervenções policiais é quase cinco vezes maior que a registrada nos Estados Unidos. Tal diagnóstico esquentou ainda mais um debate que ganhou força após os protestos de junho: afinal, é mesmo este o modelo de Polícia que queremos?

Embora construída para recuperar e garantir direitos civis, a Constituição de 1988 manteve a Polícia Militar como braço das Forças Armadas, que atuam em situações de guerra e encaram seus alvos como inimigos a serem derrotados. Para os críticos ao atual sistema de segurança pública, a ligação com o Exército seria a origem do suposto caráter violento da PM. Leia mais »

nov 10

POLÍCIA MILITAR APELA PARA A CRIATIVIDADE

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PM RN) está tendo que apertar o cinto ainda mais. E mesmo com menos fôlego, vai ter que mostrar serviço. A pouco mais de seis meses capital do estado sediar os jogos da Copa do Mundo, a corporação está usando da criatividade para suprir as carências destacadas pela redução orçamentária destinada à corporação e pela falta de investimentos. Com um déficit de 4.066 policiais (o efetivo previsto em lei é de 13.466), a PMRN conta com apenas 9.400 homens e mulheres de todas as patentes, alguns cedidos a outros órgãos para cobrir todo o estado.

A solução, adotada pelo comandante-geral da PM, coronel Francisco Araújo, é encontrada na criatividade. Por exemplo, para suprir a falta de efetivo em alguns eventos, os policiais de folga são recrutados diante do pagamento de diárias. Mas esse sistema já se mostrou falho algumas vezes. A dívida atual da PM referente apenas às diárias é de R$ 900 mil. Não raro os policiais se recusam a aceitar o serviço sob o argumento de falta de pagamento.

Mas a expectativa do coronel Araújo é das melhores. E a proximidade com o mundial de futebol vem dotando a corporação de equipamentos fundamentais, e outros bem modernos, para a realização do trabalho policial. Mais de cinco mil pistolas foram adquiridas do ano passado para cá. E a agenda que contempla o legado de equipamentos deixados pela Copa é extensa: vai de fardamento e coletes, a roupa anti-bomba e caminhões com capacidade de monitorar comunidades e identificar presença de substâncias ilícitas dentro de carros em movimento. “E acreditamos que com o advento da Copa do Mundo, vamos ter equipamentos de tecnologia de primeiro mundo para os operadores de segurança pública, vai ficar um legado que vai deixar o estado em igualdade de condições com os mais ricos”, afirmou.

ENTREVISTA COM O COMANDANTE CORONEL ARAÚJO Leia mais »

nov 10

POLICIAIS MILITARES SE SENTEM ESCRAVIZADOS NO TRABALHO, APONTA PESQUISA

Tese de doutorado revela que estrutura militarizada é propícia para problemas nas relações com superiores

Policiais que se consideram tratados como escravos ou prisioneiros, trabalhando sob constante pressão e a base de calmantes. É esse o cenário a que muitos PMs estão submetidos em seu dia a dia e que aparece retratado na tese de doutorado da socióloga e pesquisadora do Núcleo de Estudos da Violência da USP (Universidade de São Paulo) Viviane de Oliveira Cubas.

Para o trabalho, apresentado na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), ela entrevistou 15 policiais e analisou as queixas registradas na Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo entre 2006 e 2011. Neste período, foram 1.716 denúncias feitas somente por policiais, sendo que 95,7% do total são reclamações de integrantes da Polícia Militar e apenas 4,1% da Polícia Civil.

A explicação para a diferença no número de queixas de seus integrantes pode estar no fato de uma corporação ser militarizada, e a outra não. “Os números mostram o quanto essa estrutura acaba propiciando relações bastante tensas entre os policiais”, explica Viviane. Leia mais »

nov 10

GUERRA VELADA

As preocupações em qualquer área das relações humanas se intensificam e ganham maior repercussão quando começam atingir as classes mais favorecidas. Nos últimos dias, temos visto uma maior preocupação com a Segurança Pública, que vem sendo pauta até de colunas sociais (e quando essas notícias chegam às colunas sociais é porque atingiram quem naturalmente não deveria ser incomodado com essas frivolidades).

A situação da Segurança Pública está um caos. E agora não apenas nos discursos reivindicatórios raivosos e radicais dos sindicalistas, que sempre esbravejaram em defesa de uma política mais coerente e prioritária, alertando que a situação tem raízes nas estruturas e na política administrativa que não valoriza o profissional, nem conta com planejamento adequado e investimentos em inteligência, planejamento e estrutura. Com as mazelas esparramando pelas bordas e se espalhando para todos os lados, outras vozes começam a esbravejar, antes pacíficas, compreensíveis e moderadas, passam a gritar e a gritar alto, raivosas e radicais, pois estão sendo também atingidas. Comprovando o ditado popular que a dor ensina a gemer. Leia mais »

nov 09

POLICIAIS E BOMBEIROS USAM BLACK BLOCS PARA FORÇAR VOTAÇÃO DA PEC 300

A ação de vândalos em manifestações Brasil afora criou um grande problema para os governos federal e estaduais: representantes dos policiais militares insinuam que a categoria não vai se empenhar no combate aos vândalos caso a PEC 300, que estabelece um piso nacional para PMs e bombeiros, não seja aprovado pelo Congresso Nacional.

A Proposta de Emenda Constitucional já foi aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados, mas dorme nas gavetas da presidência da Casa.

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB), recebeu o alerta de um grupo de sindicalistas da PM, conforme registrou o jornalista da Folha, Josias de Souza: “Eles dizem que não vão mais conter manifestações. Afirmam que estão sendo achincalhados e atingidos. Lembram que vem aí a Copa do Mundo”, comentou Henrique Eduardo. Leia mais »

nov 07

SALÁRIO DO SOLDADO DO RIO GRANDE DO NORTE É 5º MAIS BAIXO DO BRASIL

salariosoldado

nov 07

OS NÚMEROS DA SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL

Foi lançado nesta segunda-feira, 05, o 7º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, uma das principais publicações nacionais com dados qualificados sobre o contexto da Segurança Pública e das polícias brasileiras. No infográfico abaixo, você confere algumas das principais informações constantes no Anuário, que trata desde a questão salarial nas polícias até os índices de homicídio nas várias unidades da federação:

numerosseguranca

nov 06

POLÍCIA ÚNICA E DESMILITARIZADA

O cientista político Guaraci Mingardi, especialista em segurança pública e consultor sobre inteligência e análise criminal, crime organizado e corrupção, defende uma só polícia por estado, de formação civil, mas não dentro do modelo da atual Polícia Civil, que para ele “é muito burocratizada e com sérios problemas de corrupção”. “O ideal seria a instituição de outra polícia, formada pela junção das duas atuais, segundo um modelo bem menos militarizado que o da PM, mas também distante da ênfase burocrática e do excesso de juridiquês da atual Polícia Civil”. Leia mais »

nov 06

“O ATUAL MODELO DE POLÍCIA É UM DESASTRE” RICARDO BALESTRERI

Presidente do Observatório do Uso Legítimo da Força e Tecnologias Afins e especialista em Direitos Humanos, o ex-secretário nacional de Segurança Pública Ricardo Balestreri defende nesta entrevista o modelo de multiplicidade de polícias especializadas e de ciclo completo de atuação, responsáveis por toda a atividade de prevenção, ostensividade, investigação, inteligência e instrução processual. Para ele, o modelo de polícia adotado pelo Brasil tem distorções que a tornam uma das piores polícias do mundo. Leia mais »

nov 06

CRESCE O NÚMERO DE HOMICÍDIOS NÃO ELUCIDADOS

A polícia registrou uma morte, porém não se sabe quem é o possível autor do crime ou as circunstâncias desse óbito. Não há pistas suficientes para elucidar o caso.

Entre 2011 e 2012, o número de crimes envolvendo esse cenário de dúvidas para os investigadores aumentou consideravelmente, cerca de 69,6%. As mortes não esclarecidas chegaram a 89, no Rio Grande do Norte, no ano de 2011. No ano passado as estatísticas chegaram à marca de 240.

Essas e outras informações estão em meio às mais de 130 páginas do 7º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na manhã de ontem no Fórum homônimo, em São Paulo. Leia mais »

Posts mais antigos «

» Posts mais novos